Como Criar Um Blog → Utilize O WordPress

Como Criar Um Blog

Neste artigo buscarei ensinar a vocês de forma simples e direta Como Criar Um Blog pelo WordPress, atrves de um passo a passo para auxiliar vocês na criação de seu blog.

Escrevi este artigo a vocês, com o intuito de oferecer um conteúdo que fosse de interesse daqueles que desejam iniciar suas carreiras online por meio de um blog criado pelo WordPress, uma das caraterísticas mais marcantes e comuns presentes nas estratégias de carreira online é a produção de conteúdo através dos blogs.

Existem varias maneiras de produzir conteúdo para os blogs, mas antes de se preocupar em criar conteúdo para seu blog é fundamental primeiramente aprender a montar um, e é exatamente isso que venho apresentar a vocês, Como Criar Um Blog através do WordPress.

Como Criar Um Blog – Confira Agora Um Passo A Passo

Para que você crie um blog utilizando a plataforma do WordPress como CMS, precisara primeiramente seguir alguns passos, a instalação não costuma demorar muito o que significa que em alguns minutos já é possível colocar o seu site no ar.

Porem antes do blog ser lançado é preciso passar por algumas etapas que são caraterizadas por:

  • Defina Um Domínio Para Seu Blog

Antes de configurar a criação de seu blog é preciso estar comprando um domínio, caso você já possua um, pule para a dica número 02, do contrário, continue lendo a partir daqui.

Escolher um domínio é um função que requer muito cuidado, afinal o domínio é o nome de seu site, pense nele como se fosse seu próprio nome, pode parecer exagero, mas você deve ter em mente todo o conteúdo que pretende abordar em seu blog para que então possa escolher o nome.

Todo domínio é acompanhado de um sufixo, os mais comuns são:

  • com
  • . com.br
  • .net
  • .net.br

Existem também domínios especializados para o seguimento que seu site terá:

  • . adv.br (advogados)
  • . gov.br (sites do governo)
  • . edu.br (instituições de ensino)
  • . agr.br (empresas agrícolas)
  • . ind.br (indústrias)
  • . org.br (instituições não governamentais)

A lista de sufixos que podem ser utilizados é enorme esses foram apenas alguns exemplos, outro modelo de sufixo que você pode estar criando para seu blog é: info, me, biz, tv, ws, cc, entre outros. E é também possível estar comorando sufixos maiores e personalizados, tudo dependera de onde você estará solicitando a compra.

Existem inúmero sites que vendem domínios, o mais popular no Brasil é o registro.br, porém não se limite a esta opção só porque lhes indiquei, explore, pesquise, encontre o site que melhor atenda as suas expectativas.

É importante que você compare os preços, pois estes costumam variar, mas mais importante que preço observe com atenção a reputação e o histórico do site com quem fechara negocio antes de realizar a compra.

  • Escolha Uma Hospedagem

Após escolher o seu domínio, você precisa definir onde seu blog será hospedado. A maioria dos serviços de hospedagem já oferece o serviço de compra conjunta de domínios. Geralmente, isso vem com alguns descontos e pode ser muito vantajoso.

Se sua hospedagem e seu domínio estiverem em lugares diferentes, você precisará fazer uma alteração no DNS. Se não, você pode ir para o tópico sobre diferentes tipos de acomodação. Para integrar os dois serviços, você precisará inserir os servidores de nomes manualmente no painel de controle do site onde adquiriu o domínio.

Esse padrão pode mudar muito entre uma acomodação e outra. Portanto, a coisa mais correta a fazer é entrar em contato com seu host e solicitar os servidores de nomes para que haja comunicação entre hospedagem e domínio. É muito provável que você tenha um tópico sobre isso na Central de Ajuda do servidor contratado.

E você que estava prestes a contratar um serviço de hospedagem e encontrou muitas opções que te confundiram, não se preocupe, vamos falar sobre cada um dos casos abaixo e quais são as vantagens de cada um deles. Basicamente, existem 3 tipos principais de alojamento:

Hospedagem compartilhada: na hospedagem compartilhada, o mesmo servidor pode hospedar centenas de sites. Sendo esse o caso, cada site dentro do servidor tem uma certa cota de memória, espaço em disco, etc. Isso significa que o site terá um desempenho menor em comparação com a hospedagem dedicada. Ao mesmo tempo, o custo do alojamento também será menor.

Hosting Dedicado: Enquanto na hospedagem compartilhada o servidor é utilizado por diversos sites, no dedicado seu site terá o servidor completamente disponível. A hospedagem dedicada tem um custo maior, porém oferece maior segurança para sites que possuem um alto número de acessos simultâneos.

VPS: É o acrônimo de Virtual Private Server, isto é, Private Virtual Server. Neste tipo de hospedagem, os usuários compartilham um servidor, mas cada servidor privado é isolado do “servidor ao lado”, o que afeta menos o desempenho do site.

O ideal é consultar as características de cada um de acordo com o servidor que você está contratando para saber qual vale mais para o seu negócio.

  • Faça O Download Do WordPress

Agora que você já tem um domínio e já tem uma hospedagem, vamos explicar de vez em quando criar um blog no WordPress.

Para baixar o WordPress em português, acesse o site http://br.wordpress.org/. Em “Download” você pode baixar a plataforma nos formatos .zip ou .tar.gz. Você não precisa se registrar e o download é completamente seguro.

  • Descompacte O WordPress De Seu Servidor

Após baixar o WordPress, você terá que descompactar os arquivos dentro do seu servidor. Entre em contato com seu servidor para saber como acessar o CPanel diretamente do navegador. Na maioria das vezes o URL http://seudominio.com.br/cpanel. O usuário e a senha também são fornecidos pelo seu servidor.

O que  funciona como um painel de controle com uma interface gráfica que permite ao usuário criar e-mails é o CPanel, contas de FTP, gerenciar arquivos, atribuir proteções de diretórios, adicionar tarefas do cron, redirecionar e-mails, entre outras funções.

Na frente do CPanel, procure pela função Gerenciador de arquivos. É aqui que você descompacta todos os arquivos do WordPress.

  • Crie Um Banco De Dados

Depois de baixar o WordPress e descompactar os arquivos no servidor, para criar um blog, o próximo passo é criar um banco de dados (banco de dados) e um usuário (usuário).

O CPanel possui uma funcionalidade bastante intuitiva para essa função. Você só precisa acessar a função do MySQL Database Wizard para iniciar a criação. Este banco de dados é onde todos os arquivos serão hospedados.

Esses são passo básicos sobre Como Criar Um Blog pelo WordPress, não basta somente seguir esses passo é preciso estudar e pesquisar mais para que obtenha êxito em seu blog, mas com estas dicas você pode começar a criar e propagar o seu próprio site agora mesmo!